Blog

 

Nível de Serviço

Os acordos de nível de serviço surgiram com as áreas de TI. Com o tempo eles, também chamados de SLA, surgiram em outras áreas. Logística, produção industrial, call center, enfim, o mundo corporativo adotou o termo de forma mais genérica. Para ser mais claro, e talvez um tanto simplista, esse termo chega aos prestadores de serviços como: “pegou tem que entregar”.

O que deveria parecer óbvio para qualquer prestador de serviços é uma dificuldade atroz para os contratantes. Na produção de vídeos não é diferente: com estruturas cada vez menores fica fácil para um pequeno empresário meter os pés pelas mãos e não conseguir cumprir um prazo com qualidade. A evolução tecnológica e o barateamento dos equipamentos somados ao desconhecimento de como as corporações se movem para o processo de aprovação de uma peça impactaram o mercado de vídeo.

Não é raro recebermos uma demanda de produções de última hora, com prazos realmente curtos, que vêm da incapacidade de entrega ou de correção de um produto por outros players de nosso mercado. E é interessante ver que o mercado começa a ver o outro lado da moeda.

Para a Videoimagem, nível de serviço é regra inviolável. Porque fazemos vídeo e entendemos do mercado corporativo.

Afinal fazemos Comunicação Criativa para Empresas.

E já que o assunto passa pelo atendimento, essa campanha da Oreo mostra bem como nos sentimos quando somos bem atendidos, e no prazo:

 

Voltar

 

São Paulo, SP
Rua Cônego Eugênio Leite, 1089 – Pinheiros
Tel: +55 11 3814 2877
contato@videoimagem.com